Postagens

Metodologias Ativas em Amb...

Imagem
Neste vídeo falo sobre como enfrentar algumas tensões que estão acontecendo na escola atualmente. Meu carinho e apoio aos docentes que tentam fazer o possível para ser bons profissionais e manter o equilíbrio emocional e pessoal. Minha participação começa no minuto 10. Abraços. Moran.

Aprendizagens e oportunidades na educação pós-pandemia

  J osé Moran - USP (Texto escrito no começo de 2022 e que esqueci de publicar. Pretendo atualizá-lo logo).   Algumas aprendizagens neste período As crises trazem consequências muito diferentes em todos os campos, porque as pessoas reagem a elas de formas bastante diferentes. Alguns aprendem rapidamente, experimentam, enxergam novas oportunidades (modificam sua mentalidade mais profundamente); outros fazem só alguns ajustes, se adaptam para sobreviver, (realizam mudanças parciais). Um terceiro grupo de pessoas permanece na defensiva, só enxergando perdas e problemas (e só muda tardiamente e a contragosto).   Percebemos que podemos replicar a maior parte das atividades da nossa vida em diferentes plataformas e aplicativos: Comunicar-nos, comprar, ensinar, aprender, trabalhar remotamente, fazer consultas médicas, tomar decisões colegiadas em diversas instâncias. Aprendemos a improvisar, a diversificar, a atender os diferentes Aprendemos competências digitais Aprendemos a ser ma

As grandes transformações na educação atual

Debateremos as principais mudanças, desafios e oportunidades que acontecem na educação neste momento e as perspectivas futuras. Serão quatro encontros online, via Zoom, em julho. Temas dos encontros online Impactos da transformação digital e da pandemia na educação, hoje Como redesenhar os diferentes espaços e formas de aprender, a partir de agora? Como aprender a empreender ao longo da vida? Cenários da educação do futuro Mais informações em : bit.ly/moran22

Atualizei minhas palestras e workshops

As grandes tranformações na educação atual Encontros com o Prof. Moran (entre 19 e 26/07/2022) Debateremos as principais mudanças, desafios e oportunidades que acontecem na educação neste momento e as perspectivas futuras. Serão quatro encontros online, via Zoom, em julho. Temas dos encontros online Como aprender a empreender ao longo da vida?  Impactos da transformação digital na educação  Como integrar os diversos espaços e formas de aprender, a partir de agora? Cenários da educação do futuro Informações e inscrição em : bit.ly/moran22 1.  Transformações profundas na educação        O que muda na educação a partir de agora?  Como implementar projetos  mais flexíveis, humanos e criativos?   Como acelerar o processo de mudança pessoal, docente e ecossistêmica?        Palestra dialogada online ou presencial. Também como workshop ou seminário. 2.  Metodologias ativas em currículos mais flexíveis Como combinar a aprendizagem ativa personalizada e as diversas formas de trabalhar e

“Escolas interessantes começam com gestores acolhedores”, afirma José Moran

Imagem
  Professor, escritor e pesquisador de projetos educacionais inovadores,  J osé Moran, a utor do   blog Educação Transformadora ,  conversou  com o  Escolas Exponenciais . Durante a entrevista, o educador falou sobre educação do futuro, metodologias ativas e sobre como melhor preparar a equipe pedagógica diante das transformações na educação. “Escolas interessantes começam com gestores acolhedores, que lideram pelo exemplo, que apoiam docentes, estudantes e famílias” , adiantou o professor.   Escolas Exponenciais: Muito se vem falando atualmente sobre educação do futuro. Para o senhor, quais as principais tendências neste segmento? José Moran:  Há mais de 30 anos participei da criação do  projeto escola do futuro na USP . E os especialistas internacionais nos profetizavam que a escola estaria profundamente transformada em 10 ou 15 anos e que cada aluno poderia aprender a partir dos seus interesses, em qualquer lugar,  a qualquer hora e de múltiplas formas. Três décadas depois,  mesmo c

O que aprendi no longo período de recuperação

  José Moran Nos últimos meses fiquei em casa, cuidando da saúde: cirurgia, incertezas, muitos exercícios, fisioterapia, melhoria lenta, muita paciência. Tive tempo para desligar da rotina, refletir sobre a vida, avançar no autoconhecimento, permitir-me mais lazer, deixar a vida fluir mais, sem tantas cobranças e exigências. Depender em todo momento da ajuda dos demais é difícil para quem sempre procurou ser autônomo. Sou muito grato aos diferentes profissionais que me ajudaram neste percurso, aos familiares que me apoiaram. Dependemos de muitas pessoas, grupos, organizações, em todos os campos para que tudo caminhe bem. Sabemos que há falhas e contradições, mas somos interdependentes, tanto no que nos ajuda a evoluir como o que nos complica. A vida é assustadoramente frágil. Tudo pode desandar de uma hora para outra. Experimentei muitos momentos de incerteza, de angústia, de medo de ficar com sequelas. Antes me achava mais forte, corajoso, equilibrado. Pensei que estivesse mais pr

Redesenhando os caminhos da educação

  José Moran - Educador e pesquisador de inovações na educação Depois de dois anos tão excepcionais vivendo realidades tão inesperadas em todos os campos, enfrentamos agora cenários bem desafiadores e desiguais na educação. O que manter e o que modificar a partir de agora? A experiência do digital forçado deixou o país mais dividido ainda: Uma parte conseguiu se sair relativamente bem, enquanto outra ficou bem para trás seja pelas condições econômicas ou por não se adaptar ao modelo online. Avançou na sociedade a percepção de que podemos aprender de múltiplas formas, em diferentes espaços físicos e digitais, síncronos e assíncronos; sozinhos, em grupos, redes e com mentoria; no curto e longo prazo e ao longo da vida. A educação escolar precisa ser redesenhada em um mundo muito mais híbrido, conectado e, no Brasil, tão desigual.  A separação entre espaços físicos presenciais e digitais diminuiu, se reconfigurou - como em outras áreas da nossa vida - e há um crescente consenso de que c