terça-feira, 5 de agosto de 2008

Aprendizagem significativa

Como favorecer a aprendizagem significativa no contexto escolar?
- Partindo de situações concretas, de histórias, cases, vídeos, jogos, pesquisa, práticas e ir incorporando informações, reflexões, teoria a partir do concreto. Quanto menor é o aluno mais práticas precisam ser as situações para que ele as perceba como importantes para ele. Não podemos dar tudo pronto no processo de ensino e aprendizagem. Aprender exige envolver-se, pesquisar, ir atrás, produzir novas sínteses fruto de descobertas.
O modelo de passar conteúdo e cobrar sua devolução é ridículo. Com tanta informação disponível, o importante para o educador é encontrar a ponte motivadora para que o aluno desperte e saia do estado passivo, de espectador. Aprender hoje é buscar, comparar, pesquisar, produzir, comunicar. Só a aprendizagem viva e motivadora ajuda a progredir. Hoje milhões de alunos passam de um ano para o outro sem pesquisar, sem gostar de ler, sem situações significativas vividas. Não guardam nada de interessante do que fizeram a maior parte do tempo. Há uma sensação de inutilidade em muitos conteúdos aprendidos só para livrar-se de tarefas obrigatórias. E isso chega até a universidade, tão atrasada ou mais ainda do que a educação básica.
É muito tênue o que fazemos em aula para facilitar a aceitação ou provocar a rejeição. É um conjunto de intenções, gestos, palavras, ações que são traduzidos pelos alunos como positivos ou negativos, que facilitam a interação, o desejo de participar de um processo grupal de aprendizagem, de uma aventura pedagógica (desejo de aprender) ou, pelo contrário, levantam barreiras, desconfianças, que desmobilizam. O sucesso pedagógico depende também da capacidade de expressar competência intelectual, de mostrar que conhecemos de forma pessoal determinadas áreas do saber, que as relacionamos com os interesses dos alunos, que podemos aproximar a teoria da prática e a vivência da reflexão teórica.
A coerência entre o que o professor fala e o que faz, na vida é um fator importante para o sucesso pedagógico. Se um professor une a competência intelectual, a emocional e a ética causa um profundo impacto nos alunos. Estes estão muito atentos à pessoa do professor, não somente ao que fala. A pessoa fala mais que as palavras. A junção da fala competente com a pessoa coerente é poderosa didaticamente.
As técnicas de comunicação também são importantes para o sucesso do professor. Um professor que fala bem, que conta histórias interessantes, que tem feeling para sentir o estado de ânimo da classe, que se adapta às circunstâncias, que sabe jogar com as metáforas, o humor, que usa as tecnologias adequadamente, sem dúvida consegue bons resultados com os alunos. Os alunos gostam de um professor que os surpreenda, que traga novidades, que varie suas técnicas e métodos de organizar o processo de ensino-aprendizagem.
[Este texto faz parte de uma entrevista feita comigo pelo Portal Escola Conectada da Fundação
Ayrton Senna, publicada no dia 01/08/2008 em
http://www.escola2000.org.br/comunique/entrevistas/ver_ent.aspx?id=47 ]

10 comentários:

lecticia araujo disse...

Professor que bom que encontrei seu artigo.Estou fazendo minha monografia sobre aprendizagem significativa a qual ainda tem concepçoes um pouco embaçadas em sentido de conhecimento e ''é pobre e mora longe''no sentido de aplicabilidade na grande maioria dos professores pelo menos de minha realidade.Se o professor tiver um material bomo senhor pode mandar pra mim aunda este mês?Um abraço.Estarei esperando.Parabens pelo artigo.
Lecticiamaria@yahoo.com.br

Moran disse...

Leticia:
Fico contente com a contribuição deste artigo para o seu trabalho. Envio-lhe por e-mail alguns textos sobre o tema.
Abraço
Moran

Marceli Cristina disse...

Excelente artigo. Ajudará na minha monografia que está apenas começando. Se tiver textos que possam me auxiliar e puder mandar para o meu e-mail, agradeço.
Um abraço e muito sucesso!
marceli.cristina@hotmail.com

sonia disse...

Excelente artigo... além de ajudar na minha monografia, a alegria de encontrar professores que como eu acreditam que a aprendizagem é um processo que precisa ter sentido para o aprendiz. Chega de ensinar o que não é essencial para a vida!
Se possível for envie-me algum material com esse tema. Um grande abraço.
tiasoniange@hotmail.com

sonia disse...

tiasoniangel@hotmail.com

Fernanda Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Marques disse...

Professor, adorei o seu artigo e tbem estou fazendo a minha monografia da especialização sobre este tema. Peço que se possível, envie algum material que o senhor tenha para o meu e-mail. Agradeço muitíssimo desde já.
adinhafm@hotmail.com

Lívia Almeida disse...

Professor o seu artigo é um convite à mudanças nas nossas ações pedagógicas, principalmente na escola pública. Estou fazendo uma monografia
, cujo um dos sub temas trabalho a gestão escolar como empreendedora de uma aprendizagem significativa e o seu artigo veio colaborar bastante.
Se for possível, gostaria que me mandasse mais elementos sobre essa temática.
Fico muito agradecida!

Luci disse...

Professor li seu artigo e continua muito atual.Meu TCC é sobre aprendizagem significativa e se puder contribuir comigo me enviando alguns textos sobre o tema lhe agradeço.
meu emai: luci_marafa@hotmail.com.
Obrigada.

Histemedio disse...

Professor: Já trabalho há muito tempo com atividades que envolvem os estudantes. Atualmente a gestão solicitou de mim que escrevesse artigos sobre minha prática. Já tenho lido livros do senhor e o acompanho em seu blog, mas estou encontrando dificuldade com citações para fundamentar minha prática. Trabalho sempre com o envolvimento dos educandos na construção da aprendizagem e eles gostam muito. O caminho é esse. O senhor é muito importante para a educação brasileira. Um abraço